Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseSpanish

Concentração está marcada para começar às 8h da manhã, com café da manhã, na Marina Itajaí. 

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a poluição dos oceanos a Marina Itajaí vai realizar, no Dia Mundial dos Oceanos, a primeira edição o mutirão de limpeza “Baía Limpa”. A ação de limpeza da Baía Afonso Wippel, em Itajaí, SC, será realizada na próxima terça-feira (8), com início da concentração de voluntários às 8h da manhã na Marina Itajaí. Interessados em ajudar como voluntários podem realizar a inscrição por meio do link: http://bit.ly/baialimpa , sendo que o número de voluntários também será limitado, para evitar aglomeração. 

“Como um dos componentes de engajamento da população quanto à problemática do lixo marinho, a Marina Itajaí estimula e convida todos os cidadãos, entidades, ONGs e grupos a participarem, com o objetivo de combater juntos um dos maiores desafios ambientais de nossos tempos”, convida o diretor da Marina Itajaí, Carlos Gayoso de Oliveira.

Segundo estudo recente publicado pela revista Science Advance, o Rio Itajaí Açu está na lista dos mil rios mais poluídos por plásticos do mundo. O rio lidera o ranking entre os 10 maiores rios poluidores em Santa Catarina, com despejo de 641 toneladas de lixo plástico por ano que acabam indo parar no fundo do oceano. 

Como funcionará o Mutirão de Limpeza

A concentração dos voluntários terá início às 8h com um café da manhã e a abertura oficial está marcada para às 8h30min, com a entrega do kit de limpeza na Marina Itajaí. A partir das 9h as equipes iniciarão a limpeza das margens da Baía Afonso Wippel por terra. As normas sanitárias por conta da pandemia de Covid-19 serão respeitadas, com distribuição de álcool gel e uso obrigatório de máscaras. 


Programação do dia:
08:00 – Recepção dos participantes – café da manhã;
08:30 – Introdução à atividade e entrega dos kits;
09:00 – Coleta de lixo na baía Afonso Wippel;
10:30 – Contabilização dos resíduos coletados;
11:00 – Fim das atividades.


Poluição dos mares

Estudos mostram que, caso medidas concretas não sejam tomadas, até 2050 haverá mais plástico do que peixe nos oceanos. De acordo com dados da ONU, todos os anos, 13 milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos e às espécies marinhas que, muitas vezes, confundem o plástico com alimento e morrem ao tentar ingerir esses resíduos. 

“Muitas pessoas não se dão conta que não são só os animais marinhos que sofrem com a invasão plástica nos oceanos, porque nós também consumimos plástico por meio da cadeia alimentar e as consequências à nossa saúde ainda são desconhecidas. Precisamos cuidar do meio ambiente e a Marina Itajaí entende seu importante papel de conscientização na Foz do Rio Itajaí-Açu”, conclui o diretor.