Primeira expedição terrestre da Família Schurmann parte da Marina Itajaí, em SC

Primeira expedição terrestre da Família Schurmann parte da Marina Itajaí, em SC

A expedição partiu da Marina Itajaí (SC) nesta terça-feira (14) e terá uma duração de 70 dias. A tripulação, composta exclusivamente por mulheres, percorrerá aproximadamente 20 cidades litorâneas até chegar ao Pará. O objetivo é identificar o quanto de microplástico é consumido pela população por meio de ostras e mexilhões.

Maio, 2024. Com o objetivo de alertar sobre os riscos da poluição marinha e os reflexos para a saúde dos consumidores, o projeto Voz dos Oceanos, liderado pela Família Schurmann, iniciou sua primeira expedição terrestre no Brasil partindo da Marina Itajaí, em Santa Catarina, apoiadora da ação. O objetivo  é diagnosticar a presença de microplásticos nos chamados  “bivalves”, ou seja, ostras e mexilhões, e a quantidade de toxinas que é ingerida pelo ser humano. A equipe percorrerá cerca de 20 cidades litorâneas do país e 7 mil quilômetros. A expedição partiu nesta terça-feira(14), e seguirá por 70 dias até o Pará. Conduzida exclusivamente por mulheres, a equipe coletará as ostras e mexilhões em feiras e mercados públicos e enviará aos laboratórios da Universidade de São Paulo (USP) para análise e pesquisa. 

“Muitas pessoas não têm conhecimento de que ao comer ostras, vieiras, mexilhões e outros bivalves, estão também ingerindo microplásticos que contaminam os oceanos. Isso ocorre porque esses organismos funcionam como “filtradores” desses poluentes, que acabam sendo consumidos pela população ao comer esses alimentos”, destaca o coordenador da Cátedra UNESCO de Sustentabilidade Oceânica, do Instituto Oceanográfico da USP, Alexander Turra.  “Ao ser concluída, a pesquisa fornecerá um diagnóstico detalhado da presença de microplásticos em organismos marinhos. Isso incluirá uma análise da crescente preocupação com a segurança alimentar, especialmente relacionada à exposição humana através da ingestão de frutos do mar”, complementa. 

“Estamos muito felizes por servir como ponto de partida para outra expedição liderada pela Família Schurmann. O compromisso da Marina Itajaí com a sustentabilidade e sua distinção como a única do Brasil com certificação internacional ISO 14.001 são resultados da influência da Família Schurmann, que desde o início levanta questões ambientais importantes”, destaca o diretor da Marina Itajaí, Carlos Gayoso de Oliveira. 

“Costumo dizer que a Marina Itajaí é como nosso lar, e mora do lado bombordo onde está o coração. Estamos envolvidos desde o início da criação desta marina e temos feito diversos projetos desde então em parceria. Nos últimos dois anos, a Voz dos Oceanos documentou a presença de plásticos e microplásticos em cerca de 100 destinos nas Américas do Sul, Central e do Norte. Agora, com a expedição terrestre, estamos concretizando o pilar científico deste grande projeto. A pesquisa tem o potencial de contribuir significativamente para os esforços de redução da poluição dos mares e para mitigar o consumo de alimentos contaminados com microplásticos de origem marinha. Este é um tema de extrema importância não apenas para o Brasil, mas também em escala global,”, destacou o capitão Vilfredo Schurmann.

As tripulantes que irão integrar a expedição científica são: a oceanógrafa e produtora de conteúdo Katharina Grisotti, que navegou de Galápagos à Nova Zelândia a bordo do veleiro sustentável Kat; Jessyca Lopes, bióloga marinha e produtora; Marília Nagata, bióloga marinha, doutoranda em Oceanografia pelo Instituto Oceanográfico da USP, e Thamys Trindade, jornalista, documentarista especializada em Conservação de Natureza. Enquanto as quatro caem na estrada, em terra, a jornalista Bárbara Clara Costa atua como roteirista das produções audiovisuais dessa expedição.

Barco seguro e conservado. 5 dicas importantes de manutenção

Barco seguro e conservado. 5 dicas importantes de manutenção

Assim como nos carros, a manutenção preventiva nas embarcações é fundamental para manter o bem em bom estado e para a segurança dos navegadores. Com centro de serviços e equipamentos de alta tecnologia para movimentação, a equipe da Marina Itajaí, no litoral norte de Santa Catarina, orienta sobre itens fundamentais para manter o barco conservado.

Maio, 2024 – Explorar as águas é a maior alegria para os apaixonados pelo mar. Contudo, antes de ligar os motores, é fundamental garantir que a embarcação esteja em perfeitas condições de funcionamento e assegurar um passeio tranquilo, livre de contratempos e preocupações. Desde que foi fundada, a Marina Itajaí, localizada em Itajaí, litoral norte de Santa Catarina, se tornou um ponto estratégico para a manutenção de embarcações por conta de sua localização e também por ter equipamentos para movimentar barcos de até 75 toneladas, o que equivale a uma embarcação de cerca de 80 pés, além de amplo centro de serviços para atender 6 barcos de grande porte de forma simultânea. 

“Independentemente do tamanho ou do tipo de embarcação, a manutenção adequada não só garante uma experiência de navegação tranquila e sem problemas, mas também preserva a segurança dos ocupantes e prolonga a vida útil do barco. Na Marina Itajaí, recebemos navegadores das mais diversas partes do mundo e, por isso, estamos comprometidos em ajudar a manter as embarcações em excelente condição, tanto por meio de nossa estrutura quanto dos fornecedores e empresas que atuam em nossa área de serviços. Destacamos a importância de agendar uma manutenção regular antes e depois do início da temporada, para garantir uma experiência segura e agradável na água”, destaca Carlos Gayoso de Oliveira, diretor da Marina Itajaí.

Entre as dicas essenciais para garantir a melhor conservação para as embarcações, estão: 

  1. Pintura do fundo e reparos nas partes metálicas abaixo da linha da água é recomendado fazer anualmente para melhor desempenho e durabilidade do casco. 
  2. Polimento e prevenção do casco estende a vida útil da embarcação e contribui para valorização do bem até na hora da venda. 
  3. Realizar a preventiva de motores e anodos, isso garante uma navegação mais segura. 
  4. A escolha dos materiais que serão aplicados no barco também é importante, por isso, a recomendação é verificar a procedência e os certificados fornecidos pelo fabricante ou loja especializada em artigos náuticos.
  5. Periodicamente é recomendada a manutenção dos revestimentos e estofados. 

“A compra de um barco é sempre um investimento, por isso, é importante que sejam feitas todas as manutenções, tanto da parte externa, como internas. Essa é uma cadeia que envolve uma série de profissionais especializados em manter as embarcações sempre novas e bem cuidadas. Aqui na Marina Itajaí temos um centro de serviços especializado para atender todas essas demandas”, comenta Fabiano Rocha Henkemaier, Gerente Operacional da Marina Itajaí. Os interessados em fazer manutenções de barcos na Marina Itajaí precisam reservar uma data. O contato pode ser feito pelo telefone (47) 99270-7390.

Santa Catarina desponta como um dos principais destinos para velejadores internacionais

Santa Catarina desponta como um dos principais destinos para velejadores internacionais

A Marina Itajaí, localizada no litoral catarinense, já recebeu mais de 15 mil barcos a vela desde sua fundação. Até o final deste mês, pelo menos 10 veleiros oceânicos de países como França, Portugal, Reino Unido, Finlândia e Dominica irão ancorar no local.

Abril, 2024 – Velejadores do mundo inteiro têm voltado os olhos para a Marina Itajaí, um ponto estratégico no litoral de Santa Catarina, em Itajaí, cidade conhecida por sediar a The Ocean Race, maior competição de vela do mundo, e conceituados eventos náuticos, como o Marina Itajaí Boat Show. Desde sua fundação, em dezembro de 2015, o complexo náutico já recebeu mais de 15 mil veleiros e, atualmente, cerca de 70% de sua ocupação são de barcos a vela. Até o final deste mês, pelo menos 10 veleiros de países como França, Portugal, Reino Unido, Finlândia e Dominica devem ancorar na marina.

Entre os visitantes, destaque para o veleiro Amazone, construído na Finlândia em 1963 inicialmente como um barco de pesca e que veio para Itajaí fazer as manutenções e para fugir do frio intenso do ártico. Eles vão ficar na Marina Itajaí por um mês, antes de partirem em direção à Amazônia.

“O veleiro que utilizamos é especificamente para operações de charter na Antártida. A razão de estarmos em Itajaí neste período é devido ao rigoroso inverno antártico, que nos impede de realizar manutenções por lá, dada a falta de infraestrutura. Itajaí se destaca por suas excelentes condições para este tipo de serviço. Em dois meses, nossa próxima aventura será na Amazônia, onde também planejamos realizar charters. Após nossa estadia naquela região, retornaremos a Ushuaia”, explica o tripulante russo Ryabchikov Dmitry.

“Esta é a minha primeira experiência em Itajaí e estou realmente impressionado com a infraestrutura náutica local, especialmente com as instalações da Marina Itajaí. A receptividade dos moradores e o charme da região também são pontos altos. Estou encantado com tudo o que Itajaí tem a oferecer”, acrescenta.

“É motivo de grande orgulho para nós sermos a escolha de tantos velejadores internacionais que buscam um ponto de apoio para manutenção, descanso e lazer. A escolha pela Marina Itajaí deve-se à sua excelente localização, à qualidade da infraestrutura e ao atendimento que oferecemos, além das qualidades únicas de nossa região, que é um dos principais polos náuticos do país. Nosso suporte abrange desde a assistência na entrada do canal e na atracação, até a facilitação nos processos junto à Polícia Federal, Capitania dos Portos e Receita Federal”, destaca Carlos Gayoso de Oliveira, diretor da Marina Itajaí.

Show nas águas: competição de vela movimentou a Praia Brava neste final de semana

Show nas águas: competição de vela movimentou a Praia Brava neste final de semana

Cerca de 30 barcos participaram da 1ª etapa do maior circuito de regatas do Sul do país, realizado pela Marina Itajaí, neste sábado (24), o que deixou o cenário da Praia Brava ainda mais encantador, além de chamar atenção do público que passou pelo local.

Fevereiro, 2024. Quem esteve na Praia Brava neste sábado (24) teve o privilégio de assistir de camarote uma ‘corrida no mar’. A primeira etapa do Circuito de Regatas Marina Itajaí, maior do Sul do país, reuniu 30 veleiros e mais de 100 competidores. Ao longo do ano, devem ocorrer outras cinco etapas em Itajaí, Navegantes, Balneário Camboriú e Florianópolis.

“Estamos muito felizes. A primeira regata do circuito superou as expectativas. Foram 30 veleiros e mais de 100 pessoas envolvidas no evento. O dia estava lindo e também ajudou bastante. A ideia é que a cada etapa aumente o número de participantes e assim, contribua cada vez mais com o desenvolvimento da náutica e da cultura da vela na nossa região”, destaca o diretor da Marina Itajaí, Carlos Gayoso de Oliveira. 

A equipe XeqMat foi a primeira a concluir a Regata garantindo o prêmio Fita Azul. O percurso foi concluído em 59 minutos e 40 segundos. A chegada do veleiro foi festejada pelo público na Marina Itajaí, local onde a embarcação ancorou. A premiação das equipes foi realizada no complexo náutico.

“Me inscrevi de última hora e estava sem tripulação. Faltando poucos minutos para o início da prova, um amigo me apresentou um austríaco que está dando a volta ao mundo de carona apenas com a mochila nas costas e gostaria de me ajudar na prova já que eu estava sem equipe. Ele não falava nada em português e nem eu em alemão. Tentamos nos comunicar em inglês e no final deu tudo certo. O vento favoreceu, fizemos boas escolhas e estratégias e fomos recompensados completando a prova em primeiro lugar”, conta o capitão Roberto Sholl Bailly, do veleiro Xekmat. 

Para Bailly a experiência foi incrível e ele pretende continuar no circuito até o final. “O fato de ter chegado em primeiro lugar foi ótimo, mas o verdadeiro prêmio foi ter participado deste grande evento com equipes renomadas, além da troca de experiência com outros velejadores”, complementa. 

Já o paranaense Roberto Grupenmacher conta que é a primeira regata que participa em Itajaí com o veleiro Moleza, de 28 pés. “O nosso barco fica em Paranaguá (PR) e viemos velejando para participar do Circuito Marina Itajaí. Voltaremos para casa muito felizes com a conquista em uma das categorias e a ideia é trazer cada vez mais paranaenses para as regatas da marina”, destaca. 

Confira as equipes vencedoras de cada categoria: 

ORC: Itajaí Sailing Team
BRA-RGS: Tererê
RGS Cruzeiro: Chiara di Luna
Bico de Proa A: XeqMat
Bico de Proa B: Moleza

Calendário das próximas etapas do Circuito Marina Itajaí 2024:

15/06: 2ª Regata Cidade Itajaí por AKIBRA

17/08: Festival Náutico de Navegantes

13/10: Regata de Percurso

São Francisco do Sul (Capri) -> Marina Itajaí

Joinville (JIC) -> Marina Itajaí

Florianópolis (Iate Clube Veleiros da Ilha) -> Marina Itajaí 19/10: 5ª Regata Marejada + Premiação do Circuito Marina Itajaí 2024

Marina Itajaí tem pacotes promocionais para a temporada

Marina Itajaí tem pacotes promocionais para a temporada

Descontos nos serviços para embarcações vão de 7% a 20%

Após as obras de  ampliação, a Marina Itajaí dispõe de 405 vagas para embarcações, secas e molhadas, e abriu a temporada de reservas com  descontos de até 20% durante os períodos de Natal, Ano Novo e Carnaval. A previsão é de 100% de ocupação para a temporada de verão. 

No Natal, de 23 a 27 de dezembro, a Marina oferece vagas com desconto de 15% no pacote de cinco diárias, a partir de R$ 188. No Ano Novo o pacote de seis diárias tem 17% de desconto para veleiros, e 7% de desconto para lanchas. Já para o Carnaval, o pacote de 10 diárias oferta 20% de desconto para lanchas e veleiros.  

“Ano passado já tivemos uma alta demanda de embarcações ancoradas na Marina Itajaí nesses períodos. Estamos apenas no início do mês e já conseguimos superar o número de reservas do mês do ano anterior além de vagas preenchidas até o Carnaval”, comemora o diretor da Marina, Carlos Gayoso. 

Quem atraca na Marina Itajaí dispõe de toda a infraestrutura do complexo náutico, como água, luz, acesso à internet, suporte operacional, portaria, segurança 24 horas, banheiros, lavanderia e vestiários. 

A Marina ainda tem posto de combustível com diesel Premium Verana, que é mais sustentável, conveniência, além de lojas de serviços e restaurantes que também fazem parte da infraestrutura do complexo.

Outro atrativo é a localização, no centro de Itajaí, e a poucos minutos de navegação de conhecidos pontos como as praias de Bombinhas, Caixa d’Aço, em Porto Belo, Penha e Balneário. As reservas podem ser feitas pelo telefone (47) 9219-0061.